Número 1 en Europa     60 años de experiencia
800 91 30 55 CHAMADA GRATUITA - DAS 8:00 ÁS 22:00

O poder da Informação

Inicio / Blog / O poder da Informação
Publicado pela
en Blog

Informação verdadeira, comprovada e profissional é um bem cada vez mais precioso.

A informação é poder

A pandemia COVID-19 mudou a forma como nos aproximamos do mundo. Ver ou ler as notícias antes era uma questão de interesse, agora tornou-se uma fonte de informação necessária.

Entre todos esses dados, notícias e informação, infelizmente, há espaço para desinformação, fraudes e falta de contraste.

O confinamento colocou em cima da mesa não só a necessidade de contrastar notícias médicas, mas também da grande maioria das áreas. A omnipresença da internet e a facilidade que oferece para publicar são uma espada de dois gumes.

 

A fiabilidade dos meios de comunicação nacionais.

 

A informação mais precisa e atualizada estará sempre nas agências governamentais.

O governo português criou uma página específica que fornece informações atualizadas e vários manuais com procedimentos e aconselhamento tanto para cidadãos como para empresas. Também disponibilizou a todos um projeto de desconfinamento, com regras e informações importantes.

Se precisa viajar para o estrangeiro ou em antecipação do futuro, a OMS permitiu um portal específico com toda a informação, aconselhamento e previsões para fins internacionais.

Também pode obter informações verdadeiras dos meios de comunicação nacionais.  A recomendação habitual é que utilize publicações de largo espectro como o Jornal Público, a RTP, o Jornal de Notícias ou mais publicações dirigidas a empresas como o Jornal de Negócios. Embora deva sempre prestar atenção às fontes que citam e se indicam fonte da informação.

Este também é útil para contrastar a informação que portais como Google, YouTube ou Facebook oferecem sobre COVID-19: verifique sempre as fontes.

 

A experiência dos profissionais.

 

Conhecer todas as notícias sobre o coronavírus é importante, mas a vida continua, e as fases de desconfinamento enfrentam um retorno diferente à normalidade.

Perguntamo-nos como será o nosso regresso ao escritório, como vamos tomar o café da manhã e como será o reencontro com as famílias e amigos.

Questões que nos levam a perguntas sobre as medidas de segurança higiénicas acima mencionadas (lembre-se: informe-se bem), afastamento social e condições no trabalho, espaços de lazer e, claro, em casa.

Preocupações que se concentram em manter a infeção longe ou manter as condições ideais de higiene e segurança.

 

Proteger a sua casa perante certas condições é uma grande preocupação de muitas famílias.

 

O verão, o sol e o calor colocam-nos numa situação de falsa segurança. As fontes de humidade, como o ar condicionado ou o próprio clima, continuam a ser uma preocupação para muitos epidemiologistas.

Da mesma forma que aprender sobre o vírus é importante, recorrer a informações verdadeiras quando queremos enfrentar a humidade é igualmente vital.

Erros por utilização de produtos caseiros podem custar mais do que o que pensa.

 

O nosso compromisso e profissionalismo levou-nos a investir 1,5 milhões de euros para combater problemas de humidade que agravam as condições para a infeção pelo coronavírus.

Um diagnóstico gratuito e um relatório profissional são a melhor opção para ter a informação certa para lidar com o problema.

Enfrentar o regresso à normalidade vai exigir paciência, autocontrole e responsabilidade. Escolher a informação certa e recorrer aos profissionais da sua área são truques seguros nos tempos incertos que nos esperam.

 

Entradas relacionadas