Número 1 en Europa     60 años de experiencia
800 91 30 55 CHAMADA GRATUITA - DAS 8:00 ÁS 22:00

Como é que a má qualidade do ar nos escritórios condiciona a saúde

Inicio / Blog / Como é que a má qualidade do ar nos escritórios condiciona a saúde
Publicado pela
en Blog

Que a qualidade do ar nas nossas casas preocupa-nos é inegável. Afinal, é um local onde passamos grande parte do nosso tempo e que pode afetar a nossa saúde e a dos nossos entes queridos. 

qualidade do ar nos escritório condiciona a saúde

Mas se pararmos para analisar cuidadosamente os nossos hábitos e onde passamos mais tempo, muitas vezes o escritório assume a liderança, deixando os lares em segundo plano. Por isso, é importante levar em consideração a qualidade do ar nos espaços de trabalho.

 

Que fatores podem influenciar a qualidade do ar no nosso escritório?

 

Uma qualidade de ar adequada permite que nos sintamos confortáveis ao realizarmos o nosso trabalho, algo que além de nos fazer bem à saúde, também é importante para a produtividade.

Dois fatores podem influenciar a qualidade do ar no nosso local de trabalho:

  • Aqueles que têm origem química e biológica, por isso a ventilação é máxima e é imprescindível.
  • ambiente térmico do espaço de trabalho. A temperatura desempenha um papel muito relevante, pois, por exemplo, o aumento da temperatura favorece a volatilidade de certos compostos químicos.

É muito complexo avaliar os problemas derivados da má qualidade do ar em escritórios porque é difícil identificar as origens do problema, a não especificidade dos sintomas e as causas múltiplas frequentes.

 

As causas da má qualidade do ar nos escritórios

 

Já mencionamos que a má qualidade do ar pode ser devida a fatores de origem química (como compostos orgânicos e inorgânicos, presentes no ar como poeira em suspensão) ou biológicos (bolores, esporos, bactérias ou ácaros).

E que o fator físico do ambiente térmico, como temperatura, humidade e velocidade do ar, também desempenha um papel de destaque.

 

Agora vamos concentrar-nos em mostrar-lhe como os compostos químicos presentes no ar são classificados:
  • MUITO VOLÁTIL (COMV): como formaldeído, ozônio, cloro, monóxido de carbono (CO), dióxido de nitrogênio (NO2) e outros gases de combustão.
  • VOLÁTEIS (VOCs): solventes como aldeídos, alifatos, álcoois, compostos aromáticos, glicóis, cetonas, terpenos, etc., e partículas e fibras suspensas.
  • SEMI VOLÁTIL (COSV) : compostos orgânicos persistentes e pouco voláteis, como biocidas, fungicidas, pesticidas ou retardantes de chama, bem como metais pesados. Esses componentes, embora possam ser detetados em suspensão no ar, costumam ser encontrados principalmente na poeira, tanto em suspensão quanto em superfícies de espaços internos.

 

Os principais poluentes atmosféricos dentro de um escritório:
  • Alérgenos: como o pólen, podem agravar problemas respiratórios e causar tosse
  • Monóxido de carbono CO e dióxido de nitrogênio NO2
  • Humidade: certas bactérias e fungos podem crescer em espaços sem ventilação suficiente, causando problemas respiratórios. Por isso é que destacamos sempre a importância da ventilação.
  • Substâncias químicas: produtos de limpeza, tintas são substâncias com cheiros fortes que podem causar dores de cabeça e até náuseas.
  • Radônio: a inalação desse gás radioativo é muito prejudicial para os pulmões.

 

Como trabalhador, como é que isso me pode afetar se o meu escritório tiver uma má qualidade de ar?

 

Boa qualidade do ar é sinónimo de saúde, portanto, não ter qualidade adequada pode ser prejudicial e causar alguns destes sintomas:

  • Síndrome do Edifício Doente – dores de cabeça, irritação, congestão e fadiga.
  • Reações alérgicas.
  • Irritação – olhos, nariz e garganta secos ou com coceira.
  • Infeções e febre.
  • Brilho – dor de cabeça ou fadiga ocular.
  • Ruído e vibrações -dor de cabeça ou hipertensão.

Portanto, mais uma vez, reiteramos a importância das medidas de ventilação para que o seu consultório seja um local seguro.

 

Dicas para garantir a qualidade ideal do ar interno em escritórios

 

O mais importante, repetimos, para garantir uma boa qualidade do ar no ambiente de trabalho é ter uma boa ventilação, seja natural ou mecânica.

A ventilação que se dá pelas janelas, portas e até rachaduras e fendas no prédio, é o que conhecemos como natural. Isso ocorre graças às diferenças de pressão ou temperatura entre o interior e o exterior dos edifícios. Mas a ventilação natural nem sempre é possível, e é aqui que a ventilação mecânica entra em jogo. Isso requer um sistema de dutos que transportam o ar para os quartos para serem ventilados e alguns ventiladores que conduzem o ar através deles.

Essas duas aberturas não apenas fornecem oxigênio e poluentes diluídos, mas também ajudam a regular as condições de temperatura e humidade num escritório.

Quando se trata de ventilação mecânica, para fornecer ar limpo e tratado com determinada temperatura e humidade, é normal utilizar o sistema de ventilação – ar condicionado. Se o seu escritório tiver um sistema HVAC separado, deve instalar filtros de ar condicionado adequados.

 

Como ter a certeza de que o seu sistema de ventilação é eficaz?

 

Se o seu escritório já possui um sistema de ventilação, é importante que verifique se ele é eficaz.

Algumas das características que pode verificar para garantir que seja eficaz:

  • O fluxo de ar fornecido deve ser suficiente para atingir características satisfatórias do ar, dependendo da geração de poluentes internos.
  • O fluxo de ar extraído deve ser fornecido, no mínimo, com o ar administrado.
  • Deve saber o caminho que o ar toma. As entradas e saídas devem ser adaptadas para que um ar limpo circule pela sala.
  • O ar extraído não deve ser reincorporado às instalações ou escritório. Para isso, é importante conhecer a localização das entradas de ar, que devem estar protegidas e o mais limpas possíveis, bem como longe de outras fontes poluentes.

 

Gostaria de saber o nível de qualidade do ar no seu local de trabalho?

 

O melhor nesses casos é ter profissionais que se encarreguem de verificar a qualidade do ar da sua empresa enquanto dedica o seu tempo ao trabalho. Na Murprotec realizamos um diagnóstico gratuito para saber o nível de qualidade do ar do seu escritório que lhe permitirá saber se a sua qualidade é óptima, algo que lhe permitirá trabalhar com tranquilidade, ou não, caso não tome as medidas adequadas para o resolver.

Entradas relacionadas