Número 1 en Europa     60 años de experiencia
800 91 30 55 CHAMADA GRATUITA - DAS 8:00 ÁS 22:00

Fases da evolução da humidade

Inicio / Blog / Fases da evolução da humidade
Publicado pela
en Blog

Vírus, confinamento e pandemia são as palavras mais usadas nos últimos dois meses. Um trio que não só preocupa a nossa saúde, mas também a nossa economia.

humidade

A saída do túnel está próxima, mas há momentos que se aproximam em que ainda teremos de remar juntos para avançar. Nesta situação, não podemos esquecer que há tantos outros problemas que não podemos perder de vista.

Na Murprotec, colocámos em cima da mesa um investimento de 1,5 milhões de euros para ajudar as famílias e as empresas com mais necessidades.

Com mais de 65 anos de experiência na luta contra um problema que afeta uma em cada três propriedades. Experiência essa que queremos partilhar e utilizar nos momentos mais necessários. Agora, mais do que nunca, queremos ajudá-lo a detetar humidade que pode influenciar a sua saúde e  as suas despesas.

A humidade, tal como a COVID-19, tem a sua própria fase de desenvolvimento. Um problema comum que tem diferentes soluções dependendo do momento em que estivermos.

 

Fase inicial.

 

Sintomas leves ou pequenos sinais de que podemos ter um problema de humidade. Nesta fase é difícil detetar o problema, quanto mais a sua origem. Com poucas exceções, a humidade leva tempo para mostrar os seus efeitos.

Detetar pequenas poças, roupa que demora mais tempo a secar ou um aumento ligeiro na fatura da luz pode ser um indicador de um problema de humidade.

 

Um conselho da Murprotec.

Se acha que tem um problema de humidade, peça o nosso diagnóstico gratuito. Retire as suas dúvidas e evite problemas futuros.

 

Fase intermédia.

 

A maioria das incidências de humidade ocorrem quando já estão nesta fase. O mau cheiro e as manchas nas paredes e tetos são causados por organismos (como o mofo) que já proliferaram graças ao excesso de humidade. Neste caso, é muito importante detetar a origem da humidade, uma vez que o tratamento deve adaptar-se a cada origem.

 

Um conselho da Murprotec.

Se detetar manchas ou maus cheiros, limpar e desinfetar é uma boa ideia, mas nunca tape a mancha com tinta! Organismos como o bolor precisam de escuridão para proliferar. Usar uma camada de tinta pode ser mais um problema do que uma solução.

 

Fase avançada.

 

Rachas nas paredes, falhas elétricas e destacamentos de telhado são sinais de que a humidade fez estragos nas paredes. A estabilidade do edifício pode estar em perigo. Nestes casos, já se fala de humidade estrutural e pode ser um grave perigo para a sua segurança.

 

Um conselho da Murprotec.

Tais situações ocorrem em edifícios de baixa ocupação, antigos, com manutenção reduzida ou que sofreram inundações graves. No entanto, a humidade estrutural pode ser tratada desde cedo se prestarmos atenção aos sinais. A humidade estrutural pode ser corrigida, mas não pode ser adiada.

 

Posso estar a salvo da humidade para sempre?

 

Sim. Desde que tomadas as medidas necessárias no momento certo.

Embora na Murprotec sejamos claros que a única solução contra a humidade é acabar com a sua origem, também estamos conscientes de que nem todas as famílias têm recursos para tomar estas medidas.

A Murprotec reservou 1,5 milhões de euros destinados a não tornar a humidade um problema acrescido aos tempos difíceis que se avizinham.

 

Entradas relacionadas