Chamada gratuita - das 08h00 às 22h00

Como identificar e tratar diferentes tipos de humidade

Se não tratarmos da humidade com eficácia, ela irá acabar por se tornar  um problema grave na nossa casa. 

diferentes tipos de humidade

Não só danifica os materiais e reduz o conforto da casa, como também pode ser a causa de doenças asmáticas e de vários tipos de alergias.

Para conseguirmos ter um lar aconchegante, confortável, calmo e agradável, precisamos de ter um ambiente limpo e saudável.

É importante sabermos que não é conveniente que o ar fique muito seco, pois pode causar irritação ao trato respiratório.

 

Uma casa com humidade é prejudicial à sua saúde

 

Doenças asmáticas e certos tipos de alergias estão diretamente relacionadas com a humidade e podem ser fatais para crianças, mulheres grávidas e idosos.

A solução? Combater a humidade.

 

Tem humidade em casa?

 

Existem várias evidências que indicam que a sua casa tem problemas de humidade.

O mais óbvio é o aparecimento de manchas cinzentas ou pretas nas paredes ou no teto. Embora a tinta também possa levantar ou até originar salitre.

Além desses, outros sinais surgem, tais como gotas nas janelas que demoram a desaparecer, assim como janelas que ficam excessivamente embaçadas com os parapeitos húmidos ou mesmo molhados.

Se notou algum desses sintomas em sua casa, é muito provável que tenha um problema de humidade.

Apesar desses problemas serem muito perigosos para a saúde, o mais importante nesses casos é encontrar uma maneira de resolvê-los o mais rápido possível.

Por isso é importante conseguir identificar quais os tipos de humidade que podem estar a afetar a sua casa e encontrar a origem dos mesmos para se poder aplicar o tratamento correspondente.

 

Na Murprotec vamos ajudá-lo a identificar os três tipos de humidade que podem afetar a sua casa:

  • Humidade por capilaridade.
  • Humidade por condensação.
  • Humidade por infiltração.

 

Cada um requer um tratamento próprio.

 

Humidade por capilaridade

 

Esse tipo de humidade geralmente é causado pelo mau isolamento dos assentos da casa.

Se houver um nível elevado de água subterrânea no terreno e se estiver próxima à superfície, a humidade pode atingir a fundação e subir para o interior da casa.

As manchas costumam aparecer nas paredes dos andares inferiores -caves e garagens -mas podem espalhar-se para os andares superiores enquanto danificam a pedra, os tijolos ou qualquer outro material de construção.

Para evitar esse tipo de humidade, é necessária uma impermeabilização eficaz em todo o perímetro da edificação, bem como na área de contato com o solo.

Se a humidade já estiver presente na casa, é necessário um diagnóstico feito por profissionais para chegar a um consenso sobre o grau de gravidade do problema.

 

Humidade por condensação

 

A humidade por condensação é a mais frequente nas residências, pois pode ocorrer em qualquer andar, independentemente da altura do prédio.

É o resultado da alta humidade e do vapor de água que existe no ar. Vapor esse que condensa ao entrar em contato com uma superfície muito fria. Seja paredes, janelas ou azulejos.

Este choque ambiental produz gotas de água que se acumulam para criar humidade que produz mofo, odores maus e deterioração de materiais.

 

Dentro da humidade por condensação, existem dois subtipos:

  • Condensação de superfície- que ocorre dentro de casa e em superfícies porosas, embora também seja comum em casas de banho e cozinhas.
  • Condensação intersticial – que geralmente ocorre dentro dos recintos por falta de ventilação.

 

Isto pode ser evitado graças à boa ventilação da casa. Recomendamos que abra as janelas de todos os quartos pelo menos dez minutos por dia para que o ar seja renovado.

Além disso, um bom isolamento das paredes da casa que estão em contato com o exterior e das janelas pode ajudar a evitar esse tipo de humidade.

 

Humidade por infiltração

 

O seu próprio nome indica como são produzidos: quando a água vem de fora ou de canos, a mesma consegue entrar diretamente na casa.

Ela infiltra-se em materiais porosos ou estruturas defeituosas e, pode ser originada muito lentamente e por um longo período de tempo, antes de se tornar um problema óbvio.

É uma humidade cuja origem, às vezes, é difícil de localizar, pois pode estar distante do local onde surgiram as manchas de humidade.

Ao contrário de outros tipos de humidade em casa, as fugas podem surgir em qualquer parte da casa: nos tetos, nas paredes interiores, nas caves e garagens, nas casas de banho, etc.

Se a infiltração já ocorreu, o fundamental é localizar o ponto por onde está a entrar a água para repará-lo e limpar o material que se deteriorou e, assim, evitar o aparecimento de mofo.

 

Se detetar sinais do surgimento de humidade em sua casa, quanto mais rápido agir, melhor.

Por este motivo, oferecemos-lhe o nosso diagnóstico gratuito, no qual um dos nossos especialistas entrará em contacto consigo e o ajudará a compreender a forma mais rápida de resolver o problema.

Como sabe, na Murprotec queremos cuidar da sua casa para cuidarmos de si.

Peça um diagnóstico gratuito

Um dos nossos técnicos deslocar-se-á à sua residência, edifício ou estabelecimento comercial e procederá a um diagnóstico completo, gratuito e sem compromisso.

Peça um diagnóstico gratuito

Relacionados

Moscas humidade

Costuma encontrar moscas em casa? Tenha atenção: a sua saúde pode estar em perigo!  Tanto as moscas como os mosquitos procuram ambientes húmidos para viver. Portanto, se notou um aumento repentino destes insetos, mantenha a guarda. Contudo, garantimos que nenhum destes insetos é perigoso para a saúde. O facto de serem tão irritantes fará com que queira […]

Não é nada fácil livrar-se do salitre. Mas neste artigo vamos deixar-lhe alguns conselhos para que isso não passe de uma má memória. O que é o salitre?   O salitre manifesta-se na forma de depósito esbranquiçado nas paredes de casa. Normalmente aparece devido ao aumento da humidade de um lençol freático. A presença de sais minerais […]

Administradores Imobiliários e a Humidade

As fases de desconfinamento permitirão o regresso à normalidade, sujeitos à presença do coronavírus. A fase médica da pandemia COVID-19 está a permitir que os países retomem parte da sua atividade. As empresas e negócios estão a começar a tirar o pó dos seus ativos e a compensar o tempo perdido. O regresso ao normal, […]

 Falar agora?