Chamada gratuita - das 08h00 às 22h00

Humidade em casa: uma ameaça silenciosa

Quando temos humidade em casa, podemos estar a lidar com uma ameaça que pode ser muito perigosa para a saúde da sua casa e das pessoas que a habitam.

Humidade em casa

Em termos gerais, existem dois tipos de problemas que podem surgir derivados da humidade:

  • Estragos na arquitetura da sua casa.
  • Problemas de saúde para todos os habitantes da casa.

 

Como é que a humidade presente numa casa pode afetar a sua arquitetura?

 

O aparecimento de humidade ou até de diferentes tipos de humidade dentro de uma casa é um problema grave e até numa casa saudável pode acabar por surgir.

Como pode imaginar, as consequências podem ser muito variadas. No entanto, existem algumas que surgem regularmente:

  • Uma parede atacada pela humidade perde até 50% do poder de carga. Este é um dos primeiros problemas que aparece de forma silenciosa.
  • A humidade é causadora da oxidação acelerada de estruturas metálicas, como vigas ou tubos.
  • Espaços mal ventilados e com elevados níveis de humidade são a situação ideal para a proliferação de ácaros e bolores.
  • A humidade também acaba por causar problemas a nível estético: manchas, maus cheiros, pintura a saltar, etc. O que resulta numa casa com um aspeto visual pobre.

 

Que problemas de saúde podem surgir ao viver numa casa com humidade?

 

Para além do efeito negativo da existência de uma mancha na parede, no chão ou na porta de um armário, o que é realmente preocupante são os possíveis problemas de saúde que a humidade pode originar:

  • Infeções respiratórias;
  • Problemas de asma;
  • Problemas de alergias;
  • Agravamento de doenças reumáticas e outras doenças ósseas.

Os grupos de risco mais comuns são pessoas que sofrem de problemas respiratórios, como alergias, que poderão agravar ainda mais a sua situação.

 

Infeções respiratórias

 

De acordo com vários estudos, um nível de humidade acima de 70% multiplica as hipóteses de contrair infeções virais e bacterianas.

Embora seja um problema que atinge, em maior proporção, pessoas que já sofrem de problemas respiratórios, pode também ocorrer em qualquer pessoa.

 

Problemas de asma

 

A humidade em casa pode tornar-se realmente problemática quando são habitadas por crianças ou pessoas com asma.

De acordo com alguns dos nossos estudos, a probabilidade de desenvolver-se asma em crianças de 1 a 7 anos é dobrada quando vivem em ambientes húmidos – devido à proliferação de ácaros, fungos e bolores.

Na verdade, outro fato revelador é que crianças que já têm asma também poderão vir a sofrer de alergias.

 

Problemas de alergias

 

Os nossos estudos confirmam que as reações alérgicas respiratórias são piores em ambientes com elevados níveis de humidade.

Tudo isso tem como consequência uma maior probabilidade de contrair doenças respiratórias ou pulmonares crónicas.

 

Piora dos sintomas de reumatismo e outras doenças ósseas

 

Embora não haja relação direta entre um alto nível de humidade em casa e o surgimento desses tipos de doenças, está comprovado que doenças como reumatismo ou osteoartrite agravam mais nestas situações.

 

Como diminuir a humidade em casa através de 5 etapas fáceis:

 

Como se costuma dizer, nesses casos é melhor prevenir do que remediar. Por isso é importante que, caso ainda não tenha nenhum problema de humidade, possa evitá-lo através das seguintes indicações.

 

Não seque a roupa dentro de casa

Como pode imaginar, roupas molhadas a secar dentro de casa são uma grande fonte de humidade.

Embora por si só possa não parecer tão importante, quando combinado com outros fatores que aumentam a humidade da sua casa, começa a ser perigoso.

Se não tem a oportunidade de secar aa roupa no exterior e não tem uma máquina de secar, uma boa alternativa é a roupa na janela.

 

Não tenha plantas dentro de casa

É bom ter plantas em casa, certo?

Elas dão um toque de cor e vida a uma casa que muitas vezes fica muito cinza ao longo dos dias.

Porém, se aparecer humidade em casa, terá que repensar na decoração para não agravar a situação.

Uma boa alternativa é substituí-las por plantas artificiais. Sabemos que não é a mesma coisa, mas pelo menos continuarão a dar aquele toque verde à sua casa.

 

Controlar adequadamente a ventilação

Uma boa maneira de impedir que a humidade fique no ambiente é manter a casa com um bom nível de ventilação.

Abra as janelas das paredes opostas da casa para originar uma corrente de ar e evitar que a humidade se acumule na casa.

 

Utilize exaustores

Praticamente todas as cozinhas modernas possuem exaustor. Se estiver instalado, por que não usá-lo?

Enquanto cozinha é originada uma grande quantidade de vapor de água que, caso não seja utilizada absorvida, acabará por ficar no ambiente.

 

Utilize ventiladores em vez de ar condicionado

Sabia que o ar condicionado é um dos principais geradores de humidade?

Se no próximo verão não quiser abrir mão do ar condicionado, pode sempre programar o Modo Seco para que a humidade que surge seja menor.

 

Tenha atenção: a maioria das soluções que são divulgadas na internet são apenas soluções que escondem a humidade em casa por um tempo, mas depois ela reaparece.

Na Murprotec somos especializados em encontrar a origem da humidade e em encontrar a solução adequada para a sua causa.

Entre em contato para que possamos realizar um diagnóstico online gratuito e para que um dos nossos profissionais o possa ajudar a encontrar a melhor estratégia para acabar com o problema para sempre.

Peça um diagnóstico gratuito

Um dos nossos técnicos deslocar-se-á à sua residência, edifício ou estabelecimento comercial e procederá a um diagnóstico completo, gratuito e sem compromisso.

Peça um diagnóstico gratuito

Relacionados

A humidade e o clima

1 em cada 3 portugueses enfrentam o avanço da temporada de alergias. Os níveis de pólen atmosférico são muito elevados na região do Alentejo, até ao final de fevereiro. A grande maioria das alergias, quase 60%, segundo a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, afetam as vias respiratórias e podem causar: tosse, espirros e, […]

Melhorar o ambiente em casa

Melhorar o ambiente da sua casa pode torná-la mais eficiente e confortável, o que deve ser uma das principais prioridades da sua lista. O fim do confinamento total está a chegar. A saída de um longo túnel em que tivemos de nos adaptar e fazer a nossa vida apenas em casa, tornou-se uma nova forma […]

humidade-nos-armários

Com a chegada do bom tempo, é hora de guardar os casacos e a roupa mais quente e substituí-las por roupas mais confortáveis para a Primavera/Verão. No entanto, o que começa por ser uma mudança divertida e emocionante, acaba por tornar-se uma dor de cabeça. As roupas armazenadas ganham o cheiro a mofo devido ao […]

 Falar agora?